Após 2 anos de muita luta, conseguimos no dia de hoje (17/09/19), uma importante vitória para os professores da Estácio de Sá. No final de 2017 a Estácio de Sá demitiu uma série de professores em massa em todo o Brasil.

Diversos sindicatos de todo o país impetraram ações para impedir as demissões. Em Santa Catarina, o SINPROESC ingressou com ação, mesmo após a reforma trabalhista, invocando os princípios da Constituição Federal e tratados internacionais, que estabelecem que a demissão em massa só pode ser realizada com a participação do sindicato.

Em 2018 em decisão de primeiro grau o juiz concedeu liminar ordenando a reintegração, a Estácio recorreu e conseguiu liminar no TST para não reintegrar os professores naquele momento. Em 2019 o TRT12 julgou a questão, concedendo uma vitória inquestionável aos professores, emitindo inclusive o mandado de reintegração para o dia 17/09 às 09:00 horas em frente a instituição de ensino.

É uma vitória maiúscula dos professores, do movimento sindical, neste cenário sombrio de destruição da legislação trabalhista. Ainda é importante ressaltar que, é a única decisão neste sentido no país, enfatiza a nossa assessoria jurídica através do belo trabalho realizado pelo Dr. Walter Beirith, da Beirith advogados que nos representa.

O nosso coração explode de tanta alegria, fomos questionados por muitos, mais sonhamos em buscar essa vitória, pois quem não sonha, não vive. A luta não termina aqui, ela apenas começou.

Click acima e assista o vídeo completo

RESISTIR E AVANÇAR.

 

Prof. Carlos Magno da Silva Bernardo
Presidente