O Sindicato dos Professores Intermunicipal no Estado de Santa Catarina – SINPROESC, representante dos professores da rede privada de ensino desde a educação infantil até o ensino superior, repudia veementemente o jornalista Claudio Humberto, como também, a Band News FM, por veicular matéria em sua grade de programação no dia 15/10 (Dia do Professor) “ chamando todos os professores de malandros, dizendo ainda que o país está falido e quebrado, no buraco negro, com 12 milhões de desempregados por culpa e privilégios exclusivos da categoria docente”.

Jornalista Claudio Humberto, o sr. não conhece minimamente a nossa categoria, não conhece e nem sabe o que é o calendário escolar, nem a Lei de Diretrizes e Bases (LDB 9394) e, principalmente como se chega à um calendário letivo.
Para seu conhecimento o recesso escolar está previsto na Convenção Coletiva de Trabalho – CCT, no artigo 322 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e na súmula nº 10 do Tribunal Superior do Trabalho – TST, é um direito da categoria e uma necessidade para que o professor possa recompor suas energias físicas e mentais, para evitar a síndrome de Burnout e a estafa mental.

O Jornalista Claudio Humberto usou a impressa escrita e falada para desprestigiar os professores, incentivando de forma clara o desrespeito à categoria docente. O compromisso desta entidade sindical é defender os seus representados, como também, um educação que possibilite tirar o sujeito do determinismo, o tornando crítico e reflexivo, ou seja, dando-lhes todas as ferramentas e possibilidades para que esse sujeito construa sua própria história.

Por fim, se um jornalista que teve em sua aprendizagem um professor para abrir seus caminhos, usa os canais de comunicação para denegrir e mandar prender os professores, o que pensar de uma país que não investe em educação e não valoriza a carreira docente, qual será o futuro desta nação.

 

Prof Carlos Magno da Silva Bernardo
Presidente