O Ministério do Trabalho e Emprego realiza a implementação de algumas mudanças para pagamento do seguro-desemprego, com o objetivo de combater fraudes e com isso, reduzir custos com o beneficio. O trabalhador ao solicitar o seguro pela segunda vez no período de 10 anos, o sistema Mais Emprego, do MTE irá considerar que ele terá que fazer o curso do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A matricula dos trabalhadores nos curso será feita de forma automática, no Portal que imediatamente deverá comunicar o Ministério da Educação (MEC) e ao próprio órgão que o beneficiário necessita fazer o curso de qualificação profissional. Com isso se pretende assegurar o controle dos matriculados e não matriculados, como também, frequência e evasão, podendo ter o cancelamento automático do benefício, caso o trabalhador não compareça nas aulas.

Para maiores informações:
//portal.mte.gov.br/imprensa/mte-anuncia-medidas-no-pagamento-do-beneficio-do-seguro-desemprego.htm