São José, 23 de agosto de 2018

Situação ocorrida em uma instituição de ensino superior do Estado de Santa Catarina chegou ao sindicato semana passada.

Professor que não recebeu na data devida seu salário procurou o SINPROESC para solicitar ajuda, uma vez que a entidade em questão lhe informou que tal situação seria equacionada no mês subsequente, portanto em setembro, deixando o professor sem salário durante o mês de agosto.

O departamento jurídico do SINPROESC entrou, imediatamente após a reclamação, em contato com a instituição de ensino superior solicitando providências imediatas para solução do problema, uma vez que se trata de verba alimentar e, portanto, deve ser paga na data correta.

Graças à atuação do SINPROESC este caso foi prontamente resolvido e a normalidade restabelecida, a exemplo de tantas outras situações, individuais e coletivas, que ocorrem todos os dias nas complexas relações entre empregadores e professores, em todos os níveis de ensino, por todo estado de Santa Catarina.

A Contrarreforma Trabalhista não vai impedir o SINPROESC de continuar lutando em defesa dos professores. Somente com sindicatos fortes, poderemos fazer o enfrentamento ao capital. Professor participe, filie-se.

Estamos de olho!

Prof. Carlos Magno da Silva Bernardo
Presidente SINPROESC