Inf. 016 – Ano 13 – 05/2013

BOLSA DE ESTUDOS


    O papel da educação numa visão emancipadora, que defendemos, serve para emancipar as pessoas, a ser menos dependente do poder econômico, político e social.
Por esse motivo, solicite ao SINPROESC as bolsas de estudo, para você e seus dependentes, utilize este direito que é seu e está previsto em nossa Convenção Coletiva de Trabalho. Faça valer mais esse benefício, que representa uma importante ferramenta de inclusão social.
A título de esclarecimento, o SINPROESC encaminhou ofício para os gestores do Centro Acadêmico Estácio de Sá, com o objetivo de sanar entendimentos contrários ao que preconiza a cláusula que trata sobre a concessão das BOLSAS DE ESTUDO. Estamos aguardando retorno, mas queremos deixar bem claro que direitos conquistados, são INEGOCIÁVEIS e vamos fazer valer inclusive, judicialmente se for o caso.
Professores (as) é muito importante ter em mente, que exercemos um papel insubstituível no processo de transformação social, somos uma categoria diferenciada, buscando sempre um mundo mais justo, produtivo, democrático e saudável para todos.

PROCESSO 03855-2008-032-12-00-7

Em 2008 o SINPROESC impetrou ação contra a Estácio de Sá, com o objetivo de garantir direitos conquistados na Convenção Coletiva de Trabalho e outros legitimados pela CLT. Na referida ação o sindicato na qualidade de substituto processual conferida pela Constituição Federal, em seu art. 8º, III busca a defesa dos direitos e interesses coletivos quanto para os direitos e interesses individuais da categoria.
Direitos que o sindicato entende que a Estácio de Sá não cumpria a época da ação. Adicional noturno, Redução salarial/carga horária, Duração das aulas, Irredutibilidade dos ganhos, reajuste salarial, reuniões pedagógicas, Elaboração e correção de provas de segunda chamada, Triênio, Comprovantes de pagamento, relação do quadro docente, Compensação da jornada, Análise individualizada e Multa convencional.
Informamos também, que no dia 29/05/2013 está marcada audiência de conciliação na 2ª Vara do Trabalho de São José.

P R O F E S S O R ( A ) S I N D I C A L I Z E – S E

QUEM TEM SINDICATO TEM MAIS PROTEÇÃO!